Números de casamentos registrados em Minas ultrapassam os 113 mil

Casamento - Minas Gerais - Brasil
Imagem: Pixabay

No Brasil são contabilizados mais de 1 milhão de matrimônios por ano

Quem pensa que o conservadorismo dos mineiros é coisa do passado está muito enganado. Isto é o que revela o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em Minas Gerais, dos casais que mantêm união conjugal, mais de 58,6% casam no civil e também no religioso. Os números de casamentos registrados no Estado ultrapassam os 113 mil. No Brasil, são contabilizados mais de um milhão de casamentos por ano.   

Além de oficializar a união, os casais também fazem questão de comemorar este momento tão especial com grande estilo. Em 2014, o segmento movimentou cerca de R$ 15 bilhões, de acordo com a Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais (Abrafesta).

Para a empresária do ramo de casamentos, Márcia Abritta, responsável pela loja mineira Toda de Branco Vestidos de Noivas, o casamento nunca sai de moda e é um mercado que ainda não sentiu a crise porque "normalmente os casais planejam os gastos com bastante antecedência e conseguem administrar melhor as despesas. Lidar com casamento é lidar com sonhos, e as pessoas não abrem mão dos seus sonhos’’.  

Investir na compra de vestidos de noivas seminovos também é uma ótima opção para quem deseja economizar nos custos do casamento. "Quando um vestido novo sai da loja ou já foi usado uma vez, ele passa a ter um preço de mercado muito mais baixo do que um novo, mesmo estando em perfeito estado de conservação. Isso acontece tanto com as marcas nacionais quanto internacionais, como Monique Lhuillier, Vera Wang, Pronovias, Danielle Benício e Cymbelline, por exemplo’’, explica Márcia.

Sobre tendências de vestidos de noivas para 2016, a empresária garante: "O melhor vestido é aquele com o qual a noiva se sente mais bonita e confiante''.







Compartilhe no Google Plus

Por Adm. Site

O cidadeBH.com é um site de variedades do Estado de Minas Gerais. Continue com a gente participando das nossas redes sociais: www.facebook.com/cidadebh /// www.twitter.com/cidadebh